III JORNADA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

III
Jornada de Encontro

e Desenvolvimento Pessoal

  • Caminhada de Aventura
  • Meditação
    Ativa
  • Liberação
    Emocional
  • Natureza abundante (incluindo rio e cachoeiras)
  • Criação
    coletiva da realidade
  • Música, Arte,
    Diversão

22 / Junho / 2008

Trilha
de Indaiá à Cabeceira da Cachoeira de Itiquira

Propósito

Convivermos uns
com os outros, consigo mesmo e com a natureza focando:
aceitação; expansão de
consciência; respeito mútuo;
criação coletiva da realidade; ancoragem de
evolução consciente; processos de cura; entrega;
vivências
místicas
;
abertura para percepções espirituais e da
consciência de Deus em si mesmo e
em todas as coisas; climas de recolhimento, comunhão e
celebração.

Uma oportunidade de encontro
consigo mesmo,
num ambiente de natureza intensa e reservada,

com práticas profundas capazes de lhe trazer insights

e respostas efetivas para aplicação no seu
dia-a-dia.

 

 

Local

Trilha
de Indaiá à Cabeceira da Cachoeira de Itiquira, no vale no Paranã.

Vista de cima da Cachoeira de Itiquira, no vale do Paranã Saca só o arco-íris... Ela deve ter uns 40 metros!

fotos: Gabriela Teles

Mapeamento da Ida

O
trajeto de Indaiá até a Cachoeira do Itiquira (figura 1), tem 4,38 km com
predominância de descidas no percurso de ida, e desnível máximo de 201 m entre
o ponto mais alto (no estacionamento de Indaiá), e o ponto mais baixo (próximo
a queda da cachoeira).

O
trajeto de volta (figura 2) é marcado por uma subida de tirar o fôlego, com
desnível de 57 metros entre o início da subida e o final, depois de apenas 246
metros. É quase um metro de altura superado a cada 4,3 metros percorridos. Observe
que na volta pegamos um caminho diferente perto da chegada, quando andamos
próximos ao rio ao invés de subir o morro.

Mapeamento da Volta

Depoimentos

 

Gustavo Vieira

Dia
de muito sol e poucas nuvens, com temperatura agradável e água adequadamente
gelada.
A companhia da Moema, Gabriela, Márcia e
Fabrício, além da sua, foi fantástica e harmoniosa. Uma parte da caminhada em
especial me chamou atenção. Em um determinado momento em que caminhávamos em
leve subida, verifiquei a constância dos meus batimentos cardíacos em 157 bpm.
Naquele momento, e por vários minutos, contemplei o mantra entoado por você,
com harmonia de respiração e constância na liderança da caminhada. Fiquei
perplexo ao constatar que não conseguia e ainda estava longe de manter o seu
padrão de respiração. Parabéns! Foi um show a parte.

As fotos falam por si só. Os CDs foram presente de valor incalculável,
conteúdo precioso que, com certeza, vai me auxiliar a atingir meus objetivos
pessoais, em especial aquele que mentalizei na dinâmica de obejetivos durante a caminhada, que é ganho de energia e
consciência. Muito obrigado! Ainda vou lhe agradecer várias
vezes…

Grande abraço, conte com o amigo e mais uma vez
obrigado por sua amizade e companhia.

 

 

 

 

 Luiz
Prazer e gratidão emanam a partir da personalidade pela qual me entendo
e o mundo me percebe. Superar desafios é uma bênção aprendida na
Jornada da Vida. Nessa III Jornada pude perceber com clareza
antigos desafios das profundezas do ser que somados à energia intensa
da vivência me trouxeram uma segunda-feira pós caminhada de grande
superação. Ver as fotos maravilhosas produzidas, os cometários e
energias recebidos de cada um, é pura ralização. Vamos em frente!
Fabrício Medeiros da Silva – Dia maravilhosooooooooo!!!!

 

 


Um pouco do visual

 

 

 

 

 

Veja
as fotos das Outras Jornadas:

 

I Jornada

 

 

II Jornada

 

 

O Amor é a única coisa que existe

 

 

Página Inicial